CONFIRA OS DESTAQUES ABINOX

A AsBEA convida todos para este encontro, onde vão tratar sobre como os Contratos podem ajudar no mapeamento de riscos do exercício da profissão e como as relações de Responsabilidade podem afetar o dia a dia da atuação de Arquitetos e seus respectivos Escritórios.

VIII ENCONTRO DA REDE PDIMAT ENCONTRO DE CAMPO GRANDE 2022

Os Encontros da Rede PDIMat, é um fórum periódico, anual e itinerante, de agregação dos diferentes pesquisadores, empresários, indústrias, instituições de ensino, instituições de pesquisa, órgãos governamentais, associações, engenheiros, técnicos, inspetores, estudantes, entre outros.

Participação dos associados da Abinox na 34º semana de engenharia da Mackenzie

A Aperam e AçoTubo participaram da 34º semana da Engenharia do Mackenzie. O Eng. Roberto Guida, diretor da Abinox foi um dos palestrantes do evento.

Registro dos alunos no último curso online

Registro do último curso organizado pela Abinox: Como prevenir os principais problemas técnicos nos aços inoxidáveis, ministrado pelo Prof.  Renato Cosac.

  • Tópico Day by Day set22 - Conversando sobre Contratos e a Responsabilidade Profissional dos Arquitetos

    A AsBEA convida todos para este encontro, onde vão tratar sobre como os Contratos podem ajudar no mapeamento de riscos do exercício da profissão e como as relações de Responsabilidade podem afetar o dia a dia da atuação de Arquitetos e seus respectivos Escritórios.

  • VIII ENCONTRO DA REDE PDIMAT ENCONTRO DE CAMPO GRANDE 2022

    VIII ENCONTRO DA REDE PDIMAT ENCONTRO DE CAMPO GRANDE 2022

    Os Encontros da Rede PDIMat, é um fórum periódico, anual e itinerante, de agregação dos diferentes pesquisadores, empresários, indústrias, instituições de ensino, instituições de pesquisa, órgãos governamentais, associações, engenheiros, técnicos, inspetores, estudantes, entre outros.

  • Participação dos associados da Abinox na Mackenzie

    Participação dos associados da Abinox na Mackenzie

    A Aperam e AçoTubo participaram da 34º semana da Engenharia do Mackenzie. O Eng. Roberto Guida, diretor da Abinox foi um dos palestrantes do evento.

  • Registro dos alunos no último curso online

    Registro dos alunos no último curso online

    Registro do último curso organizado pela Abinox: Como prevenir os principais problemas técnicos nos aços inoxidáveis, ministrado pelo Prof.  Renato Cosac.

DIVULGAÇÃO

CAPACITAÇÃO

INTEGRAÇÃO

NOTÍCIAS

Receba nossos informativos sobre cursos, eventos e notícias sobre o aço inoxidável no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e fique por dentro das novidades

  • Famílias do Inox
  • ACABAMENTOS
  • RESISTÊNCIA À CORROSÃO

Austenítico

Existem dois subgrupos de aço inoxidável austenítico: o 300 e o 200. Enquanto os aços inoxidáveis da série 300 atingem sua estrutura austenítica principalmente através de adição de níquel, os aços inoxidáveis da série 200 substituem o níquel por manganês e nitrogênio (embora ainda exista neles um pequeno teor de níquel).

Martensítico

A característica que define os aços inoxidáveis martensíticos é sua capacidade de serem endurecidos por tratamento térmico. Quando endurecidos e temperados, esses aços atingem altos níveis de resistência, combinada com sua excelente resistência à corrosão, faz desse aço o material de escolha para muitas aplicações.

Ferrítico

As vantagens econômicas e os méritos técnicos dos aços inoxidáveis ferríticos são apreciados por vários setores do mercado, particularmente quando é imperativa a substituição de material visando à economia de custos.

Duplex

Alta resistência à corrosão, durabilidade, conformabilidade, facilidade de uso e baixa exigência de manutenção – essas são apenas algumas das características que fazem dos aços inoxidáveis Duplex o material de escolha para aplicações industriais.

Corrosão por pite

O pite é uma forma localizada de corrosão que pode ocorrer como resultado da exposição em ambientes específicos, mais notadamente naqueles com cloretos. Na maioria das aplicações a extensão do pite provavelmente é só superficial e a redução da secção de um componente é considerada desprezível.

Corrosão em fresta

A corrosão em fresta é uma forma localizada de ataque que iniciou-se pela disponibilidade de oxigênio extremamente baixa numa fresta. É provável que seja um problema de soluções estagnadas onde possa ocorrer o desenvolvimento de cloretos.

Corrosão galvânica (bimetálica)

A corrosão galvânica (bimetálica) pode ocorrer quando metais diferentes estão em contato num eletrólito comum (p. ex.: chuva, condensação, etc.). Se a corrente elétrica flui entre os dois, o metal menos nobre (o onodo) corroe a uma taxa mais rápida do que se os metais não estivessem em contato.

Corrosão sob tensão

O desenvolvimento da corrosão sob tensão exige a presença simultânea de tensões de tração e fatores ambientes específicos. Isso é incomum em atmosferas normais internos a um edifício. As tensões não necessitam serem muito altas em relação ao limite de escoamento do material e pode ser devido à carga e ou efeitos residuais dos processos de fabricação tais como soldagem ou dobramento.

Corrosão geral (uniforme)

A corrosão geral é muito menos severa no aço inoxidável do que em outros aços. Isso ocorre somente quando o aço inoxidável está com o valor do pH < 1,0. As referências são feitas nas tabelas da literatura dos fabricantes, ou devem ser solicitado a recomendação do engenheiro de corrosão, quando o aço inoxidável venha a ter contato com produtos químicos.

Corrosão intergranular

Quando os aços inoxidáveis austeniticos estão sujeitos a aquecimento prolongado entre 450 – 850ºC, o carbono do aço difunde nos contornos dos grãos e precipita o carboneto de cromo. Isso remove o cromo da solução sólida e deixa o teor de cromo mais baixo nas adjacências dos contornos dos grãos.

  • Famílias do Inox
  • ACABAMENTOS
  • RESISTÊNCIA À CORROSÃO

Austenítico

Existem dois subgrupos de aço inoxidável austenítico: o 300 e o 200. Enquanto os aços inoxidáveis da série 300 atingem sua estrutura austenítica principalmente através de adição de níquel, os aços inoxidáveis da série 200 substituem o níquel por manganês e nitrogênio (embora ainda exista neles um pequeno teor de níquel).

Martensítico

A característica que define os aços inoxidáveis martensíticos é sua capacidade de serem endurecidos por tratamento térmico. Quando endurecidos e temperados, esses aços atingem altos níveis de resistência, combinada com sua excelente resistência à corrosão, faz desse aço o material de escolha para muitas aplicações.

Ferrítico

As vantagens econômicas e os méritos técnicos dos aços inoxidáveis ferríticos são apreciados por vários setores do mercado, particularmente quando é imperativa a substituição de material visando à economia de custos.

Duplex

Alta resistência à corrosão, durabilidade, conformabilidade, facilidade de uso e baixa exigência de manutenção – essas são apenas algumas das características que fazem dos aços inoxidáveis Duplex o material de escolha para aplicações industriais.

Corrosão por pite

O pite é uma forma localizada de corrosão que pode ocorrer como resultado da exposição em ambientes específicos, mais notadamente naqueles com cloretos. Na maioria das aplicações a extensão do pite provavelmente é só superficial e a redução da secção de um componente é considerada desprezível.

Corrosão em fresta

A corrosão em fresta é uma forma localizada de ataque que iniciou-se pela disponibilidade de oxigênio extremamente baixa numa fresta. É provável que seja um problema de soluções estagnadas onde possa ocorrer o desenvolvimento de cloretos.

Corrosão galvânica (bimetálica)

A corrosão galvânica (bimetálica) pode ocorrer quando metais diferentes estão em contato num eletrólito comum (p. ex.: chuva, condensação, etc.). Se a corrente elétrica flui entre os dois, o metal menos nobre (o onodo) corroe a uma taxa mais rápida do que se os metais não estivessem em contato.

Corrosão sob tensão

O desenvolvimento da corrosão sob tensão exige a presença simultânea de tensões de tração e fatores ambientes específicos. Isso é incomum em atmosferas normais internos a um edifício. As tensões não necessitam serem muito altas em relação ao limite de escoamento do material e pode ser devido à carga e ou efeitos residuais dos processos de fabricação tais como soldagem ou dobramento.

Corrosão geral (uniforme)

A corrosão geral é muito menos severa no aço inoxidável do que em outros aços. Isso ocorre somente quando o aço inoxidável está com o valor do pH < 1,0. As referências são feitas nas tabelas da literatura dos fabricantes, ou devem ser solicitado a recomendação do engenheiro de corrosão, quando o aço inoxidável venha a ter contato com produtos químicos.

Corrosão intergranular

Quando os aços inoxidáveis austeniticos estão sujeitos a aquecimento prolongado entre 450 – 850ºC, o carbono do aço difunde nos contornos dos grãos e precipita o carboneto de cromo. Isso remove o cromo da solução sólida e deixa o teor de cromo mais baixo nas adjacências dos contornos dos grãos.

CONECTE-SE CONOSCO

CONFIRA A PRESENÇA DA ABINOX NAS MÍDIAS

CANAL DO YOUTUBE

Aprenda com os especialistas

Aprenda com especialistas

Entrevistas, seminários, explicações de especialistas compartilhando todas as informações sobre os aços inoxidáveis.
ACESSAR

INSTAGRAM

Dicas diárias sobre inox

Pílulas de sabedoria

Informações preciosas divulgadas todos os dias sobre diversos assuntos relacionados ao aço inox.
ACESSAR

FACEBOOK

Curta nossa fanpage

Artigos e eventos

O melhor local para de se conectar com pessoas interessadas no mesmo conteúdo sobre aço inox.
ACESSAR

LINKEDIN

Conteúdo profissional sobre inox

Artigos técnicos

Informações relevantes sobre aço inox.
ACESSAR
CONHEÇA QUEM APOIA NOSSA ASSOCIAÇÃO